Netbook da Ordem: Iluminados

De Pergaminhos Wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Capa do netbook com o ambigrama dos Iluminados e a Pirâmide com o olho que tudo vê, símbolos da ordem
Tipo: Sociedade Secreta
Autor: Darkchet

O Netbook da Ordem: Iluminados trata da mais poderosa e numerosa sociedade secreta do Mundo de Trevas , discutindo sua história, organização, com suas facções, círculos, sub-ordens e mais detalhes.

Atualmente o netbook conta apenas com a descrição de algumas facções e o começo da história dos Iluminados, colocada a seguir.

História

Antiguidade

O Templo de Salomão

A história dos Iluminados começa na época do reinado de Salomão (mais exatamente no ano de 968 A.C.), soberano do Reino de Israel. Naquele tempo, o rei Salomão decidiu cumprir a vontade do Demiurgo e construir um Templo para que os judeus pudessem adorar o Deus Único. Para coordenar a construção do templo, Salomão solicitou a Hiram, rei de Tiro, o trabalho de seu melhor arquiteto, também chamado Hiram. O rei de Tiro enviou Hiram para coordenar os trabalhos e a construção do templo começou. Acontece que Hiram, o Arquiteto, também era um grande sábio, um homem douto tanto em arquitetura quanto em filosofia e um grande iniciado nas tradições místicas do Antigo Egito. Ele começou a reunir outros homens em um círculo para discutir filosofia de cunho elevado, que explorava a verdadeira essência do Universo. Esse círculo era composto por membros da Ordem de Salomão, sacerdotes do Templo de Ísis e Osíris que vieram do Egito para trabalhar na construção do grande templo e iniciados de outros cultos do Oriente Médio. As reuniões aconteciam na parte oriental do templo, onde Hiram fundou a primeira Loja, erguendo duas colunas frente às portas do compartimento.

Os historiadores Iluminados não sabem ao certo se o verdadeiro objetivo de Hiram ao fundar os Artífices do Templo era já naquela época criar uma sociedade secreta para proteger a humanidade das manipulações do Xadrez Celestial, mas mesmo que este não tenha sido seu objetivo, a sociedade secreta evoluiu. Talvez o objetivo de Hiram era fazer com que a sociedade observa-se passivamente o Xadrez Celestial. Isso quer dizer que primeiramente os discípulos de Hiram passaram a observar como agem anjos, demônios, demais seres sobrenaturais e sociedades secretas, para depois, em posse dessas informações, tomar as rédeas da humanidade, protegendo-a da guerra celestial.

Diáspora

As reuniões dos Artífices do Templo, como os chamaremos por agora, foram acontecendo no Templo durante muitos anos. Entretanto quando o templo foi saqueado pelo faraó egípcio Sheshonq em 925 A.C., e destruído no século VI A.C. pelo demônio Nabucodonosor, rei do Império Assírio, as atividades dos Artífices do Templo arrefeceram. Os membros restantes que sobreviveram aos ataques se espalharam pelo mundo, principalmente Grécia e Roma. Com a decadência das civilizações do Levante e sua conquista por Alexandre no século IV A.C., os Artífices acompanharam as rotas de comércio gregas e se estabeleceram nas principais cidades do mundo helenístico, onde poderiam aplicar seus conhecimentos na construção dos prédios necessários às florescentes cidades da antiguidade.

Em Roma

É em Roma que os Artífices do Templo se instalarão e fará sua maior casa. Já no século VIII A.C. existiam os Collegia, fundados por Numa Pompilio, monarca de Roma. Os Collegia eram corporações de artesãos que se acredita serem discípulos de Artífices do Templo que teriam migrado ainda na época de Salomão. Era a época da maçonaria operativa, que pouco fazia além de construir prédios e observar a política humana. Acompanhando a evolução de Roma os maçons-operativos iniciam suas primeiras manipulações, mas somente dentro da esfera mundana, deixando de lado por enquanto o mundo sobrenatural. Como todos os irmãos são comandados pelas mesmas idéias eles tentam eleger homens que sejam mais favoráveis a eles, mas vários empecilhos aparecem, como por exemplo a Lei Julia, que ordena o fechamento dos Collegia em Roma por acreditar que sejam instrumentos de manipulação política. Tal ato poderia ter-se originado tanto da influência angelical como poderia ser simplesmente mundano, mas não seria de se admirar que os anjos vissem nos Collegia um possível inimigo. E parece que os servos de Demiurgo subestimaram o poder de uma sociedade secreta sem magos, e tanto subestimaram que os Iluminados só foram descobertos quando seus planos já estavam a pleno vapor durante a Revolução Francesa, quando os homens avançaram sobre os anjos, destruindo muitos deles e mostrando que a humanidade tinha alguém para protegê-la das manipulações do sobrenatural.

O mundo romanizado mostrava-se um campo cada vez mais fértil para a expansão do poder dos Collegia, e na época do Império são fundados os Magistri Comacini, ou Mestres Comacinos, uma nova versão dos Arquitetos do Templo que acompanharam a evolução de Roma. A sede dessa ordem foi construída sobre as ruínas do Colégio Romano dos Arquitetos. Os Mestres Comacinos já possuíam uma divisão entre mestres e discípulos e já chamavam a suas sedes de lojas. Com a queda do Império Romano do Ocidente em fins do século V, os Mestres Comacinos se refugiaram em um forte na ilha de Comacino, no lago Como e deixaram seus planos de expansão de poder para algum lugar no futuro. Mesmo com os planos frustrados, os Iluminados devem muito de seu poder a Roma, que para eles foi uma escola em política e um celeiro de conhecimento.

Na Idade Média os Mestres Comacinos continuaram a construir catedrais e castelos na Europa, evoluindo seu conhecimento sobre a humanidade e sobre o sobrenatural. E também nessa época a maior parte dos rituais dos Iluminados modernos começam a ganhar forma, bem como uma divisão em três graus: Discípulo, Mestre e Grão-Mestre. Durante o restante da Idade das Trevas os Artífices do Templo tiveram que esconder suas pretensões da Igreja, controlada pelos Nimbus. Durante toda a Idade Média, Imperadores, Reis e Papas proclamaram decretos apoiando ou perseguindo a Maçonaria, numa disputa que duraria até mais ou menos o Renascimento.

Os Templários e Iluminados praticamente se confundem e seu entrelaçamento se torna inevitável, a ponto de quando os Templários começam a financiar as Grandes Navegações em Portugal e Espanha os Iluminados já estão completamente na estrutura templária. É o momento de ascensão da burguesia e dos reis e do declínio do poder papal. A ciência renasce na Europa, e com ela os planos de implantar um governo Iluminado na Terra.

Organização

Versãoalpha.png
Este projeto é uma Versão Alpha, o que significa que apenas algumas linhas de texto foram escritas, podendo possuir apenas uma idéia básica de como será o resultado final.